Os vários impactos do programa de equoterapia

August 3, 2018
Disability Services
Special Needs
Blog Post

Molly Murphy, diretora-executiva do Equine-Assisted Therapies of South Florida

Entrar em um consultório de fisioterapia ou em um centro de reabilitação pode ser uma experiência desinteressante. A iluminação forte, os colchonetes, as bolas e o equipamento de ginástica – tudo calculado e necessário – podem não ser inspiradores. Embora a terapia em uma clínica seja uma parte importante do processo de reabilitação, há uma opção alternativa que fornece o mesmo benefício, tanto para crianças como para adultos com necessidades especiais.
A equitação terapêutica ou um programa de terapia assistida por cavalos pode ajudar a obter resultados tremendamente poderosos física, mental e emocionalmente. 

A equoterapia e o programa de terapia assistida por cavalos oferecem uma abordagem holística para o desenvolvimento da criança ou do adulto com necessidades especiais. Ao se deslocar, o cavalo tem um movimento semelhante à maneira que uma pessoa fisicamente apta caminha. Durante a sessão de montaria, a pelve da pessoa que monta pode mover-se ou girar mais do que 2.000 vezes, o que não pode ser replicado no equipamento em uma academia de ginástica ou um colchonete em um ambiente clínico. Este movimento permite que músculos dormentes sejam ativados enquanto também fortalece o core, melhora a postura e trabalha habilidades motoras grossas e nas. Uma criança com paralisia cerebral sente alívio para a espasticidade porque o movimento dos cavalos ajuda suavemente a alongar e acalmar músculos superativos ou rígidos. Outra criança com traumatismo cranioencefálico (TCE) desenvolve uma gama elevada de envolvimento neuromotor, auxiliando a agilizar o processo de recuperação. Para aqueles com de ciências de desenvolvimento, a atividade de montar a cavalo pode ajudar a reduzir a defensiva sensorial, aprimora as habilidades de escuta e as interações sociais com grupos de pares. Um estudo de 2014 realizado pela Universidade de Pittsburgh descobriu que crianças com transtorno do espectro autista (TEA ou ASD na sigla em inglês) que participaram em um programa de equoterapia “demonstraram maior motivação social, busca sensorial e uma redução dos comportamentos sedentários, desatenção e distração”. Os movimentos do cavalo em conjunção com as habilidades de aprender a montar aprimoram a “pessoa como um todo” ajudando a desenvolver confiança, habilidades sociais e de vida que são importantes na vida escolar e em casa. Muitos cavaleiros frequentemente comparam sua experiência com a liberdade e a oportunidade de serem tratados como seus pares fisicamente aptos. 

Os cavalos são igualmente poderosos, mesmo sem montar, espelhando a maneira como os seres humanos sentem e refletem, o que ajuda a processar experiências traumáticas e de vida. Um programa de Equine-Facilitated Psychotherapy (EFP – psicoterapia facilitada por cavalos), frequentemente realizado juntamente com terapia de conversa, ajuda profissionais clínicos e clientes a falar sobre as experiências e os efeitos, utilizando os cavalos e o comportamento de manadas como uma ferramenta. Programas como o EFP podem ser utilizados quando trabalhando com adultos e crianças que vivenciaram dificuldades ou um trauma. Através de um programa de Equine-Facilitated Learning (EFL – aprendizagem facilitada por cavalos), os alunos aprendem elementos de cuidados e de anatomia dos cavalos enquanto também trabalham suas habilidades de vida e desenvolvimento de carreira. Instrutores utilizam informações como o Programa de Educação Individualizada (IEP na sigla em inglês) para combinar elementos educacionais com o que está sendo ensinado na classe ajudando a aprimorar resultados de socialização e aprendizagem. 

Muitos centros de equoterapia utilizam o tempo e os voluntários muito valiosos que se dedicam a ajudar em programas grandes e pequenos. Os voluntários auxiliam na execução do programa conduzindo os cavalos durante a sessão ou sidewalking – andando ao lado do cavalo, fornecendo apoio físico ou emocional e ajudando o cavaleiro a cumprir as diretrizes
de um instrutor. Muitos voluntários aprendem habilidades de equitação ajudando a desenvolver confiança e liderança que impactam todas as facetas da vida. Embora a experiência com cavalos seja sempre bem-vinda, um centro proporcionará ao novo voluntário a educação ou o treinamento necessário para começar a ajudar. 

A verdadeira beleza de trabalhar com cavalos vem do simples fato de que eles não discriminam ou julgam. Os cavalos ensinam as pessoas sobre elas mesmas e emprestam sua força para que elas atinjam o que pensavam ser impossível. A equoterapia e as atividades equinas proporcionam condições de igualdade – dando aos indivíduos portadores de necessidades especiais uma oportunidade de se concentrar no que podem fazer ao invés de no que não podem fazer. Em casos nos quais um típico esporte de equipe está fora de alcance ou o relacionamento com os outros alunos na escola não existe, o cavalo oferece um relacionamento que se baseia na confiança, na habilidade, e na bondade e gentileza.  

Molly Murphy é diretora-executiva da Equine-Assisted Therapies of South Florida (EATSF) em Coconut Creek na Flórida. A EATSF é um centro de excelência certificado pela Professional Association of Therapeutic Horsemanship (PATH) International. A organização oferece programas que envolvem andar a cavalo ou apenas o contato com cavalos: a equoterapia (requer um instrutor de equitação), a hippotherapy (requer um profissional médico), a aprendizagem facilitada por cavalos e a psicoterapia facilitada por cavalos. Acesse www.equineatsf.org para mais informações ou www.pathintl.org para encontrar um centro em sua região. 
 

Referências 
1 De “Therapeutic Horseback Riding Outcomes of Parent-Identified Goals for Children with Autism Spectrum Disorder: An ABA Multiple Case Design Examining Dosing and Generalization to the Home and Community.” M. Holm, J. Baird, et.al. Journal of Autism and Developmental Disorders, 44, Volume 4, páginas 937-947 


 

Share this post

Learn More About CSC Broward

Our organization provides leadership, advocacy and resources to enhance the lives of the children of Broward County and empower them to become responsible, productive adults.

Stay Connected! Join our mailing list to receive the most up-to-date event details and information about CSC Broward.

Find A Program That Fits Your Needs

SNAC (Special Needs Advisory Coalition) | Children's Services Council of Broward County
954-377-1667

The Children’s Services Council has been at the forefront in funding programming for children and youth with physical, developmental or behavioral health needs since its inception. In 2004, the Council commissioned Broward County’s Business Plan for Children with Special Needs which became the impetus for establishing a stakeholder group known as the Special Needs Advisory Coalition (SNAC). The SNAC has been instrumental in advocating for system improvements and reducing service gaps.

Primary POC: Marissa Aquino | maquino@cscbroward.org

2-1-1 Broward General Hotline | 2-1-1 Broward
2-1-1 or 954-537-0211

2-1-1 Broward, an information & referral line, provides a 24-hour, comprehensive help line and support service for individuals seeking crisis intervention assistance and/or information and referrals to health and human services in Broward County. An impressive database of information is used to provide community callers with current, relevant information regarding a wide variety of services within the community. All calls are toll-free, confidential and anonymous from anywhere in Broward County.

Capacity Building Mini Grants | Children's Services Council of Broward County
954-377-1000

Infrastructure building support is provided to local child and family serving nonprofit organizations through our annual Capacity Buildings Mini Grants. Through a competitive grant process, local organizations are awarded funding for capacity building projects, professional business coaching and or fundraising support each year.

Primary POC: Adamma DuCille | aducille@cscbroward.org

Cribs for Kids | Heathy Mothers, Healthy Babies Coalition of Broward County
954-765-0550

In 2003, the American Academy of Pediatrics (AAP) published a report that estimated that the risk of infant suffocation increases 20-fold when infants and adults sleep in the same bed. Cribs for Kids provides low-income families with free GRACO Pack ‘n Play® cribs, one crib sheet, and a safe-sleep sack, and counsels parents on the dangers of co-sleeping.

Primary POC: Ashley Sturm | asturm@hmhbbroward.org | 954-765-0550 ext. 339

CSC Sponsored Trainings | Children's Services Council of Broward County
954-377-1000

The CSC offers quality and affordable training workshops for professionals serving children and families in Broward County. Each session is led by instructors that are highly qualified and experienced in their field to provide an optimal learning environment. CEU’s are also offered for many of the completed courses. For a training calendar and to register, please visit our website at training.cscbroward.org.

Primary POC: Adamma DuCille | aducille@cscbroward.org

Drowning Prevention | Florida Department of Health in Broward County
954-467-4700

Drowning Prevention is a collaborative community effort driven by the Drowning Prevention Task Force. In 2009, the Children’s Services Council allocated funding to support a full-time coordinator housed at the Broward County Health Department who provides insight and accountability for the implementation of the Drowning Prevention Action Plan.
Task Force members create a culture throughout Broward that infuses drowning prevention methodologies, practices, and messages that directly impact families with young children.

Early Literacy Interventions | Reading & Math, Inc.
786-347-3667

Reading & Math, Inc., through a partnership with Broward County Public Schools, is implementing the Reading Corps program in Broward County. Florida Reading Corps tutors serve Broward County’s most at-risk students with targeted early literacy interventions. Reading Corps screens all students at designated schools to identify children who are behind on early literacy skills, and develop individualized tutoring plans to meet each child’s needs.

The Faces of CSC

The greatest tool you can give a child is the ability to persuade and speak with confidence. Being that my YIG experience positively impacted my emotional literacy skills, I would like to pass these on to those who are less fortunate.
"This program has touched me and made a difference in my life."
"I will be the first to say, Youth in Government should be a part of every teenager's life, because I know without it I wouldn't be the person I am."
Close