Como Ler COM Seu Filho sem ler todas as palavras

July 15, 2021
Education
Basic Needs
Family Support
A Mother with two children enjoying a book

Natacha Herisse

Todos nós sabemos a importância de ler para seu filho diariamente. Pesquisas indicam a importância de ler para as crianças regularmente. Ler livros em voz alta estimula a imaginação e expande a compreensão do mundo ao redor. Ler e conversar com a criança a ajuda a desenvolver as habilidades da linguagem e da compreensão oral, além de prepará-la para a compreensão das palavras escritas. Sempre aprendemos que um livro deve ser lido do começo ao fim. Hoje, porém, pesquisas indicam que o tempo de leitura deve ser intencional, baseado no interesse da criança e relacionável ao seu mundo. Considerando-se estes aspectos, o tempo passado lendo aos pequenos será equivalente aos ganhos obtidos com a aprendizagem.

Como é o interesse infantil? Os pais devem escolher livros de acordo com os tópicos que interessem à criança. É verdade! Isto significa que você vai ler o mesmo livro muitas, muitas vezes. Lembre-se de que as crianças aprendem através da repetição, sendo que você pode variar o tom de voz quando lê. Para manter o interesse da criança, aceite o fato de ela querer pular páginas e mudar a narração da história. É também uma boa hora para introduzir palavras e definições novas para os jovens leitores. Para aqueles cuja língua materna não é inglês, pode-se inovar para criar uma história em sua língua. Lembre-se! Tudo isso desde que a criança esteja interessada.

A leitura intencional significa saber o que seu filho já conhece sobre a história escolhida e os novos conceitos que você deseja que ele aprenda. O processo requer fazer perguntas feitas de maneira a permitir que seu filho explique o que pensa (“O que você acha que vai acontecer?”, “Verdade? Conte-me um pouco mais”, etc.). Assim promove-se o desenvolvimento da linguagem, as habilidades do pensamento e as habilidades sociais. Não tenha pressa. Dê tempo à criança para processar as perguntas e para respondêlas. Lembre-se de verificar a compreensão. É hora também de controlar suas emoções. O que importa é o que seu filho é capaz de aprender e entender e não as habilidades dos pais como professor. Tenha em mente que os livros são categorizados por faixa etário, portanto escolha os que sejam apropriados à idade de seu filho.

Relacionável ao mundo da criança significa que a literatura escolhida deve refletir seu mundo e o mundo de seu filho. Isso não quer dizer que você não deva introduzir realidades e histórias de outros mundos. Com a expansão da mente do jovem leitor, apresente a ele realidades de outros mundos. Lembre-se de que as crianças aprendem melhor quando se relacionam e veem a si mesmas na história lida. Por exemplo, após ler livros como “You are My Mother” (Você é Minha Mãe), “Good Night Moon” (Boa Noite, Lua), “Brown Bear Brown Bear What Do You See” (Urso Pardo, Urso Pardo, O que Você Está Vendo), “The Very Hungry Caterpillar” (A Lagarta Muito Comilona) e muitos outros, a criança é capaz de visualizar o relacionamento entre a mãe e o filho, dizer boa noite quando vê a lua.

Ler para seu filho deve ser uma hora divertida, relevante e que envolva reciprocidade. Deve ser flexível seguindo as orientações da criança. Significa que, às vezes, você lerá todas as palavras e outras vezes apenas se concentrará nas gravuras do livro. Uma mensagem aos pais: lembrem-se que aprender a ler é aprender a ver. Quando a criança vê as gravuras do livro e você oferece palavras, a aprendizagem está acontecendo e o relacionamento está sendo construído. Quando você menos espera, seu filho estará lendo histórias para você!

Natacha Herisse, B.S. HSA. Nascida e criada em Port-au-Prince, no Haiti, Natacha veio para Flórida para unir-se à mãe quando tinha 13 anos. De acordo com os valores haitianos nos quais a educação é o vetor para a mobilidade social, ela retornou à escola na Barry University em 2002 para obter o bacharelado em gerenciamento de ciências da saúde após atuar por vários anos como recrutadora de médicos emergencistas para uma empresa privada. A conclusão dos estudos tornou-se o primeiro passo em direção à busca de uma paixão de longo tempo: ensinar aos pequenos. Embarcou então nesta carreira gratificante com uma organização sem fins lucrativos nas áreas de Head Start e VPK. Atuou também em outras posições como especialista em envolvimento familiar, especialista em bebês e crianças pequenas, professora de alunos com dificuldades de aprendizagem, especialista e treinadora em qualidade de educação.

Seu desejo incessante de obter o sucesso das crianças é o fator principal que impulsiona sua motivação de promover a educação de alta qualidade para todos, independentemente da situação socioeconômica. E por isso Natacha nunca perde uma oportunidade de equipar-se com as melhores práticas e treinamentos para realizar esta nobre tarefa. Atualmente está muito feliz por fazer parte de uma organização que compartilha sua visão de excelência para todos.

Share this post

Learn More About CSC Broward

Accessibility Statement

Our organization provides leadership, advocacy and resources to enhance the lives of the children of Broward County and empower them to become responsible, productive adults.

Stay Connected